05
Maio
2018
Thiago Brava é o convidado do Altas Horas deste sábado (05)
Postado em: Na TV
05 de Maio de 2018

Reciprocidade. Esse é o sentimento compartilhado entre Jô Soares e Rodrigo Santoro, amigos de longa data que se reencontram no programa. “O Rodrigo é surpreendente, um dos maiores atores de sua geração no mundo. Que bom que pude vir no mesmo programa que ele”, enaltece Jô Soares.

Sorridente, Rodrigo retribui o carinho: “Vindo de você tem um significado indescritível. Obrigado por ser um patrimônio extremamente valioso ao nosso país e à nossa arte”. A atração conta ainda com o ator Vladimir Brichta e os cantores Supla, Léo Santana e Thiago Brava.

No ar em uma série internacional, Rodrigo conta que começou a trabalhar fora do Brasil em 2003. O tempo, entretanto, não foi suficiente para convencer o ator a se sentir acomodado em terras estrangeiras.

“Hoje em dia até me sinto à vontade no exterior, mas não consigo me sentir em casa em nenhum outro lugar além do Rio de Janeiro”, explica. Ele conta também sobre o dia em que soube que Jô Soares ligou para sua secretária, em Los Angeles, apenas para elogiá-lo. “Na hora perguntei para ela: Você tem certeza que era o Jô”, relembra, bem-humorado.

Aos 58 anos de carreira entre as profissões de ator, apresentador, diretor e escritor, Jô Soares diz que sabe exatamente quando um profissional está executando um trabalho de qualidade.

“Vejo um crescimento interior no Rodrigo. É um ator que leva a atuação realmente a sério”. Jô comemora o retorno aos palcos como ator, em uma peça em que a plateia participa como juíza de um julgamento criminal. “Está sendo um espetáculo, porque eu só fazia papel solo. Agora, depois de tanto tempo, estou atuando acompanhado”, analisa.

Já Vladimir Brichta está na espera ansiosa de ‘Segundo Sol’, próxima novela das nove. Para incorporar o papel de Remy, o irmão de caráter ruim da família, o ator precisou passar uma temporada de gravações na Bahia, território onde cresceu. “Nasci em Minas Gerais, mas aos quatro anos cheguei em Salvador. Ali foi minha formação cultural, pessoal e escolar, então me considero um baiano”.

Tudo isso e muito mais você pode conferir logo após mais uma edição do Zorra, começando por volta das 23h, na Rede Globo.

Close
Facebook
Instagram
Desenvolvido por Commúsica