14
Fevereiro
2020
Daniel agita o Ritmo Brasil deste sábado (15)
Postado em: Na TV
14 de Fevereiro de 2020

Faa Morena recebe no Ritmo Brasil deste sábado (15) o cantor Daniel. No bate-papo, o sertanejo, que possui mais de 30 anos de carreira e já vendeu 13 milhões de discos, revela ainda se sentir nervoso para subir no palco. “É a mesma sensação, é o frio na barriga, é a mão gelada”, diz. Além disso, ele comenta sobre a influência do público em seu trabalho: “Lógico que eu penso em todo mundo que vai ouvir, mas a gente tem que arriscar aquilo que a gente acredita”, afirma.

Ao ser questionado sobre o carinho dos fãs, declara: “É o maior reconhecimento, o maior presente que existe”. O cantor também diz que é normal o confundirem com outros sertanejos, compartilhando um episódio engraçado. “Esses dias me confundiram com o Leonardo. Eu achei do caramba! O olho verde né?”, brinca Daniel.

Nascido em Brotas, interior de São Paulo, o convidado relembra momentos marcantes de sua trajetória e se emociona ao falar do conterrâneo e antigo parceiro de palco, João Paulo – morto em 1997 em um acidente de carro. Daniel confessa como foi voltar aos palcos 14 dias após o falecimento do amigo: “Eu voltei para Olímpia, onde a gente tinha um sonho de ver aquele lugar cheio, de estar fazendo aquele show. (…) Não sei dizer ao certo o que me deu tanta força assim para estar lá, representando os dois, tudo aquilo que a gente plantou juntos. A casa superlotada, o público em pé, sem mesa, sem cadeira, e todo mundo me pegando no colo”, conta emocionado. Faa Morena responde dizendo ter sido um apoio que veio de cima, e o cantor completa: “E que me fortaleceu a entender que minha vida é essa”.

O artista também fala da influência de seu pai, José Sebastião Camillo, em sua vida: “Ele começou a me ensinar a diferenciar primeira voz, segunda voz. Meu pai me ensinou a ser o que eu sou”.

O Ritmo Brasil vai ao ar aos sábados, às 19h30, na RedeTV!.

Close
Facebook
Instagram
Desenvolvido por Commúsica